imagem top

2018

ANUÁRIO DO HOSPITAL DONA ESTEFÂNIA
REPOSITÓRIO MÉDICO CIENTÍFICO

logo chlclogo HDElogo anuario

CURSOS SATÉLITE

CURSO SATÉLITE DO XX ANUÁRIO DO HDE - SERVIÇO DE NEUROLOGIA PEDIÁTRICA

Comissão Científica:
Eulália Calado, Graça Andrada, Clara Loff, Helena Portela, Ana Jorge

Organização:
Serviço de Neurologia Pediátrica do Hospital D. Estefânia - Centro Hospitalar de Lisboa, EPE

Com o progresso da Medicina e o consequente aumento do tempo de sobrevida dos doentes com doenças crónicas congénitas ou adquiridas na infância, é uma preocupação crescente das várias especialidades pediátricas a continuidade e sustentabilidade dos cuidados médicos dos seus doentes crónicos, quando atingem a vida adulta.

XX REUNIÃO DO ANUÁRIO H.D. ESTEFÂNIA


Fundamentação
A elevada morbilidade/mortalidade decorrente de um processo de reanimação associada à sua baixa prevalência hospitalar obriga a um treino regular de reconhecimento e abordagem do mesmo, respeitando os procedimentos ligados à formação em reanimação já instituídos no Hospital de Dona Estefânia.

XX REUNIÃO DO ANUÁRIO H.D. ESTEFÂNIA

Fundamentação
A via inalatória é o modo preferencial de administração de fármacos para tratamento da asma brônquica e outras doenças respiratórias. O sucesso terapêutico vai depender da selecção do dispositivo de inalação adequado ao doente e à sua doença e ensino da técnica inalatória.

Por estes motivos, entende-se ser necessário melhorar o conhecimento sobre aerossóis e seu comportamento nas vias aéreas, dispositivos e técnicas de utilização, de modo a apoiar as decisões terapêuticas, na prática clínica.

XX REUNIÃO DO ANUÁRIO H.D. ESTEFÂNIA

Fundamentação
A progressiva especialização e diferenciação das áreas de conhecimento médico tem levado a que a aprendizagem médica pós-graduada seja cada vez mais específica e centrada numa especialidade / área de conhecimento.

Este aumento da diferenciação científica, ainda que permita avanços científicos importantes, contribui também, no entanto, para uma perda da visão global do acto médico e do contexto transdisciplinar da vivência hospitalar.

Importa assim que, mesmo sendo especialista numa área médica diferenciada, se mantenha um “essencial” de conhecimentos em todas as áreas médicas que possibilite uma boa orientação global do doente e uma boa articulação entre especialidades.

XX REUNIÃO DO ANUÁRIO H.D. ESTEFÂNIA

Fundamentação
O êxito de qualquer projecto de investigação alicerça-se num bom protocolo. O protocolo é um instrumento de trabalho prático para os investigadores e a garantia de credibilidade externa do projecto face aos superiores hierárquicos e os patrocinadores.