imagem top

2018

ANUÁRIO DO HOSPITAL DONA ESTEFÂNIA
REPOSITÓRIO MÉDICO CIENTÍFICO

logo chlclogo HDElogo anuario

NUTRIÇÃO PARENTÉRICA EM NEONATOLOGIA. NUTRIÇÃO AGRESSIVA: VANTAGENS E RISCOS

Pereira-da-Silva L1-3

1- Medicina da Mulher, Infância e Adolescência, NOVA Medical School | Faculdade de Ciências Médicas, Universidade NOVA de Lisboa
2- Área da Mulher Criança e Adolescente, UCIN, Hospital Dona Estefânia, centro Hospitalar de Lisboa Central
3- Dietética e Nutrição, Escola Superior de Tecnologias da Saúde de Lisboa, Instituto Politécnico de Lisboa

- Workshop organizado por Baxter Médico Farmacêutica. Porto, 26/10/2017

Resumo:
É revista a nutrição parentérica agressiva no recém-nascido muito e extremo pré-termo, em relação aos suprimentos energéticos, proteico e mineral. Em relação à prática corrente, é discutida a muito recente proposta de aumentar o suprimento de fósforo, para evitar hiposfosfatemia, hipocaliemia e hipercalcémia associadas ao necessário elevado suprimento de aninoácidos. É sublinhada a vantagem do elevado suprimento energético-proteico para a nutrição cerebral e promoção do neurodesenvolvimento, apesar do risco da hiperalimentação poder programar a obesidade e a doença cardiovascular.

Palavras Chave: nutrição cerebral; nutrição agressiva; nutrição parentérica neonatal; programação; suprimento de fósforo