imagem top

2018

ANUÁRIO DO HOSPITAL DONA ESTEFÂNIA
REPOSITÓRIO MÉDICO CIENTÍFICO

logo chlclogo HDElogo anuario

FUNÇÃO TUBULAR E EQUILÍBRIO HIDROELETROLÍTICO

Telma Francisco

Unidade Nefrologia Pediátrica, Área da Mulher, da Criança e do Adolescente, CHLC, EPE

- Curso de Nefrologia Pediátrica “A criança com doença nefro-urológica”, 26 e 27 de Janeiro de 2017, Lisboa (oradora).

Resumo:
O túbulo renal tem importantes funções na reabsorção e secreção de moléculas e iões. Através destes mecanismos consegue-se a concentração da urina e a sua acidificação.
O estudo da função tubular engloba a avaliação do equilíbrio hídrico, da excreção e reabsorção renal de iões e moléculas e do equilíbrio ácido-base.
Para avaliar o equilíbrio hídrico é necessário determinar a diurese, a osmolaridade e densidade urinárias e a osmolaridade plásmática; em casos selecionados, poderá ser necessário realizar teste de privação de água e prova de DDAVP.
A avaliação da excreção e reabsorção renal de iões e moléculas engloba a determinação de quocientes urinários ou índices urinários, bem como o cálculo da excreção fracionada de várias substâncias, da taxa de reabsorção de fósforo e do gradiente transtubular de potássio. Poderá ser ainda importante determinar a eliminação urinária diária de várias substâncias.
Para avaliar o equilíbrio ácido-base é necessária a realização de gasimetria, bem como de ionograma sérico e urinário, para determinação de hiato iónico sérico e urinário.
Serão apresentados alguns casos clínicos que exemplificam a aplicação destes testes na prática clínica.

Palavras Chave: equilíbrio hidroeletrolítico e ácido-base, tubulopatias