imagem top

2018

ANUÁRIO DO HOSPITAL DONA ESTEFÂNIA
REPOSITÓRIO MÉDICO CIENTÍFICO

logo chlclogo HDElogo anuario

FENDAS, ACERCA DA VERDADE…

Ana Fernandes1, Rosário Malheiro1Jorge Pinheiro1.

1- Unidade de Estomatologia Pediátrica, Hospital de Dona Estefânia, Centro Hospitalar de Lisboa Central, EPE, Lisboa;

Congresso Nacional de Cirurgia Pediátrica, Centro Materno Infantil do Porto, 10 de novembro 2017. Mesa: Fenda lábio-palatina.

Resumo:
Os autores abordam as dificuldades no tratamento de um fissurado, salientando a falta de meios (o custo dos aparelhos ortodônticos e das deslocações ao hospital) e a repercussão na vida familiar do absentismo escolar e laboral face a tratamentos tão longos. A isto associam-se com frequência territórios anatómicos desfavoráveis, inexistência de dentes (agenesia ou cárie), incolaboração do doente (com perda da oportunidade de influenciar o crescimento da face) e ainda as expetativas irrealistas de alguns pais.

Palavras-chave: fissuradoortodôncia, crescimento, incolaboração