imagem top

2019

ANUÁRIO DO HOSPITAL
DONA ESTEFÂNIA

CHULC LOGOlogo HDElogo anuario

SÍNDROME DE KOUNIS, UMA ENTIDADE COMPLEXA

Nicole Pinto1, Joana Gomes Belo1, João Gaspar Marques1,2, Pedro Carreiro Martins1,2, Paula Leiria Pinto1,2

1 - Serviço de Imunoalergologia, Hospital de Dona Estefânia, Centro Hospitalar de Lisboa Central, EPE, Rua Jacinta Marto, Lisboa, Portugal
2 - CEDOC, Integrated Pathophysiological Mechanisms Research Group, Nova Medical School, Campo dos Mártires da Pátria, Lisbon, Portugal

Jornadas Nacionais
- II Jornadas de Cardiologia da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo, 20 de Maio 2016, Beja. Apresentado sob forma de comunicação oral

1º prémio de melhor comunicação oral

Resumo:
A síndrome de Kounis é definida pela co-ocorrência de reacção de hipersensibilidade alérgica/activação mastocitária e síndrome coronário agudo. Manifestando-se por sinais e sintomas de reacção alérgica acompanhados por sintomatologia cardíaca. É causado pelo efeito de mediadores inflamatórios libertos por mastócitos a nível dos tecidos cardíacos, placas de ateroma e artérias coronárias. Uma multiplicidade de estímulos causam desgranulação mastocitária, particularmente reacções alérgicas mediadas por imunoglobulina E. Desta forma, é concebível que qualquer reacção alérgica possa resultar em espasmo coronário ou ruptura de placa de ateroma. Pode ocorrer em qualquer idade, no entanto a patofisiologia não está completamente definida. A síndrome de Kounis é uma manifestação coronária aguda complexa que necessita de tratamento rápido guiado, não só à revascularização miocárdica assim como ao tratamento concomitante da reacção alérgica. Pretende-se fazer uma revisão teórica dos conceitos mais actuais no que diz respeito ao diagnóstico e terapêutica desta entidade cada vez mais observada na prática clínica.

Palavras Chave: Kounis, Alergia, Síndrome coronário agudo